Para Escritores

5 sinais de que você está no caminho certo como escritor

Sucesso é um conceito subjetivo, por isso vamos entender “caminho certo” como a sua jornada de escrita e publicação, partindo do pressuposto de que você já se assumiu escritor e vem trilhando esse caminho a cada dia com mais entusiasmo e dedicação. Mas como saber que suas ações vão gerar resultados? Apenas a aplicação delas combinadas com o tempo irá dizer, mas eu tenho aqui 5 sinais de que você está no caminho certo como escritor. Quando tiveres cumprido o teu dever, resta-te ainda outro: mostrares-te satisfeito. Johann Goethe 1. Você não tem mais medo de publicar Para ser escritor basta escrever. Teoricamente. Você pode ser um escritor no seu quarto, na sua varanda, onde quiser, e ninguém nunca saber disso, mas se você quer ser lido, precisa publicar. Se você já passou da fase de ter medo de mostrar seus textos (todos nós, ou pelo menos a maioria, teve esse medo), é um ótimo sinal. Na verdade, é uma vitória! Você acaba de superar uma das barreiras mais bloqueadoras na escrita. 2. Você entende que compromisso e disciplina funcionam melhor que a inspiração Não adianta me enganar, eu sei que você já foi aquele escritor com uma folha de papel na frente – análoga ou digital – esperando a inspiração aparecer como em um passe de mágica e oferecer a ideia perfeita. Eu sei porque também já fui essa escritora. Até que um dia entendemos que não é bem assim que a banda toca. Nos dias inspirados, ótimos, escrevemos com alegria. Nos dias não inspirados escrevemos mesmo assim porque entendemos que desse compromisso depende a conclusão do nosso livro. Leia também 5 lições para escritores 3. Você entende que seu livro é um produto Seu livro é uma arte, ninguém discorda disso, mas no instante em que decide vendê-lo, ele precisa atender a uma lógica de mercado. E você sabe que isso não significa tratá-lo como um produto qualquer, a ser vendido de qualquer jeito, para qualquer um que passar na porta. Significa que você deverá se preocupar com a embalagem (capa), conteúdo (revisão, edição), marketing, pós-venda (relacionamento com os leitores), e outros itens que fazem a diferença na publicação. Seu diferencial é não ignorar esses elementos. Participe do canal do Telegram Escritores do Presente 4. Você se conecta com seus leitores Você já saiu do seu quarto, já abriu as janelas da varanda, já deixou entrar um pouco de ar nos seus materiais de escrita. Você deixou seu perfil do Instagram público e passou a vê-lo de maneira mais profissional. Você busca seus leitores e quando encontra se mostra disponível, responde mensagens, agradece os elogios e deixa um gosto de expectativa no ar. Você entende que seus leitores e você são um time. Conheça meus livros 5. Você tem sede de conhecimento Estudar deixou de ser uma atividade enfadonha e agora você não perde um artigo sobre dicas de escrita, tem sua lista de livros desejados sobre o tema e está sempre de olhos nos cursos que estão no saindo no mercado. Você gosta de aprender e sabe a diferença que isso faz na sua escrita. Você está constantemente dizendo “Uau, é isso mesmo!”, “Eu consegui”, “Essa técnica é incrível”, “Esse autor sabe muito, virou minha referência”. Então tudo ao seu redor é aprendizado. O que você está fazendo pela sua carreira de escritor? Onde quer chegar e de onde já partiu? Comemore suas conquistas! E quais dos 5 sinais de que você está no caminho certo como escritor você identificou? Deixe seu comentário Gostou desse conteúdo? Faça parte da minha lista de e-mails e não perca nenhuma novidade indicates required Email Address * Que tipo de conteúdo mais interessa você? Para Leitores Para Escritores Ambos

Continue Reading
Para Escritores

3 maneiras de praticar sua escrita

Escritores escrevem. Às vezes textos soltos, às vezes narrativas, às vezes poemas. E quando não há nenhum projeto de escrita em curso, praticam mesmo assim. Como? Veja 3 maneiras de praticar sua escrita. 1. Reescreva cenas Na rotina de escrita, alguns dias são mais produtivos do que outros. Nem sempre as ideias virão com força total e você pode se sentir desmotivado a dar continuidade a sua história. Em dias assim experimente reescrever cenas ou capítulos que você já sabe que não ficaram muito bons. Tenha calma, pois ainda não é sua edição ou revisão definitiva, mas uma maneira de praticar e ainda por cima trabalhar na melhoria da sua narrativa. 2. Adiante cenas Não quer mexer no já escrito? Que tal escrever aquela cena que você já pensou, mas ainda não chegou na vez dela na história? Isso acontece comigo o tempo todo, imaginar cenas futuras, ou finais, antes do tempo. Experimente escrever numa folha à parte e deixe aquela ideia já registrada. Leia também 3 dicas para escrever bons personagens YA 3. Faça exercícios de criação Exercícios de criação são a melhor maneira de praticar. Você é livre, o seu texto não estará preso a nenhuma estrutura e tudo que você aprender, ou aperfeiçoar, será benéfico para a escrita do seu livro. Algumas sugestões: Crie personagens Descreva objetos Elabore cenários Desenvolva sentimentos Elabore diálogos em diversos tons de voz (faça o mesmo personagem dizer algo em tom bem humorado, com raiva, com pena, etc) Crie sinopses de histórias que você gostaria de desenvolver Pense em um título aleatório e imagine uma narrativa que casaria bem com ele Escreva uma cena de luta e uma de amor Reescreva o final de algum livro que você não gostou Pense em histórias adaptadas de clássicos (uma espécie de fanfic) Pegue pessoas ao seu redor e escreva cenas delas em situações absurdas Um escritor deve estar o tempo todo praticando a sua atividade. Se você não tem um livro em curso, ou tem mas gostaria de experimentar outros textos, aplique as 3 maneiras de praticar sua escrita e observe os benefícios de exercitar mesmo quando não há um fim imediato. Como você pratica sua escrita? Gostou desse conteúdo? Faça parte da minha lista de e-mails e não perca nenhuma novidade indicates required Email Address * Que tipo de conteúdo mais interessa você? Para Leitores Para Escritores Ambos

Continue Reading