Para Escritores Para Leitores

Entrevista | Julia Rietjens

Spread the love

Julia Rietjens tem 24 anos, mora em Holambra-SP, e escreve desde os doze anos de idade. Publicitária de formação, ela divide seu tempo entre sua agência de marketing e a escrita, predominante no gênero suspense. Com vários livros publicados, entre físicos, ebooks e histórias no Wattpad, Julia tem experiência com a publicação independente e compartilha o que sabe no seu Instagram, onde dá dicas de marketing para outros escritores.

Conversamos sobre influências literárias e seu livro mais popular, O Segredo das Aroeiras. Conheça mais sobre a autora:

Sabryna Rosa: Julia, você escreve desde os doze anos, certo? O que te levou a começar tão cedo? Você sempre escreveu ficção ou começou por outro gênero?

Julia Rietjens: Comecei a escrever depois de ler os três primeiros livros de Harry Potter. Eu amei tanto a série que queria me sentir parte daquele mundo, por isso comecei uma fanfic. Depois disso, percebi que eu era muito boa em ter ideias para histórias, por isso passei a sempre colocá-las no papel. Mas nunca me aventurei por outro gênero, sempre fui do time da ficção, pois gosto de ter liberdade de criar (e também sou uma péssima poetisa). 

Sabryna: Eu vi que suspense é um dos gêneros dos seus livros e também um dos que você mais lê. Quais são suas principais influências? Teve algum autor ou livro especial que levou você a escrever suspense?

Julia: Comecei a gostar de suspense, especialmente suspense policial, depois de ler um livro no Wattpad sobre um detetive. A escrita me envolveu tanto que passei a ler mais livros desse gênero, embora já consumisse muito filme e série assim. Depois passei para os livros de suspense psicológico e terror da Babi Lacerda, uma autora nacional que admiro muito. Outra autora que me agrada e me inspira, com seu jeito característico de contar histórias, é a Shari Lapena. 

Sabryna: Recentemente, li seu livro O Segredo das Aroeiras e fiquei muito contente que um cenário brasileiro – o cerrado – foi usado como pano de fundo para sua história, porque não é muito comum, principalmente quando se trata de narrativas de suspense. Como se deu essa escolha?

Julia: A história surgiu quando eu mesma estava visitando o cerrado, mais especificamente a Chapada dos Veadeiros. Estava fazendo uma trilha durante a época de seca, portanto tinha muitas queimadas na região. Dessa trilha, pudemos ver algumas partes pegando fogo e então a ideia me veio. Foi durante a trilha, de mais ou menos uma hora, que eu consegui montar praticamente a história inteira na minha cabeça.

Sabryna: Quem te acompanha nas redes sociais sabe que você dá várias dicas de marketing para escritores. Quando escolheu a publicidade você tinha o plano de aplicar na sua carreira, ou até mesmo de ensinar, ou isso aconteceu naturalmente?

Julia: Não! Quando prestei vestibular, não sabia exatamente o que fazer, então passei em publicidade e pensei: por que não? Depois acabei gostando da área e aprofundando meus conhecimentos. Mas só tive a ideia de compartilhar essas dicas com o meu público quando as pessoas começaram a me perguntar o que eu fazia para crescer no Instagram e vender meus livros… Aí percebi que posso ajudar muitos escritores por aí com meu conhecimento além da escrita.

Sabryna: Você tem um bom histórico de publicação independente, Wattpad, Amazon, Blog, muitos títulos nessas plataformas. Que dica você pode dar para quem está começando a publicar nesse formato?

Julia: Feito é melhor que perfeito, esse é o meu lema. Vejo muita gente quebrando a cabeça e evitando publicar porque a história não está perfeita. Demoram anos para tomar coragem de postar um simples capítulo ou um conto, quando na verdade a publicação, mesmo de algo que não esteja totalmente perfeito – porque, vamos combinar, ninguém consegue alcançar a perfeição -, vai te dar experiência. Suas primeiras histórias não vão ser best-sellers e está tudo bem. Mas publique, pois assim você verá no que pode melhorar.

Essa seção do blog tem o objetivo de apresentar autores independentes, incentivar a leitura de nacionais e promover a interação entre eles e outros escritores. Se você gostaria de conhecer mais sobre o trabalho da Julia Rietjens, acompanhe pelos links abaixo:

Instagram: @juliarietjens
Blog: https://juliarietjens.wordpress.com
Livros na Amazon: https://amzn.to/2TrNCvq
Perfil no Wattpad: https://www.wattpad.com/user/autorajrietjens

Obrigada, Julia!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.