Para Escritores

9 tipos de enredos e como escolher o seu

Spread the love

Enredo, ou plot, é o esqueleto da sua narrativa. A estrutura onde seus personagens caminham durante suas jornadas. Você sabe que tem um enredo bem definido quando consegue sintetizá-lo em poucas palavras, como, por exemplo “Uma princesa que foge de sua madastra e encontra uma casa com sete anões”.

Mas você sabia que alguns tipos de enredos são os mais comuns em narrativas? Descubra agora 9 tipos de enredos e como escolher o seu na hora de escrever o seu livro.

1. Enredo de amor

Casal que se ama, se separa ou encontra um obstáculo para ficar junto. O final pode ser feliz ou infeliz.

Exemplo: Um casal se conhece em uma noite de karaokê e logo se sente atraído, mas ela esconde um segredo que pode arruinar a relação.

2. Enredo de êxito

O personagem faz uma jornada rumo a uma vitória pessoal.

Exemplo: Um homem comum constrói do zero sua empresa de plásticos reciclados.

Participe do grupo do Telegram Escritores do Presente

3. Enredo de gata borralheira

O herói se transforma de humilde em ilustre.

Exemplo: Um filho de um catador de recicláveis constrói do zero uma empresa de sucesso no ramo da reciclagem.

4. Enredo do triângulo

Amoroso ou não, nesse enredo as três pessoas podem estar envolvidas em um objetivo ou conflito comum ou uma delas pode ser a antagonista.

Exemplo: Um casal está prestes a se casar quando um amor de infância do rapaz retorna à cidade e mexe com seus sentimentos.

5. Enredo do regresso

O herói volta para casa (geralmente depois de uma longa jornada em busca de algo).

Exemplo: Depois de vários anos servindo no Exército, um homem volta para sua cidade, no interior, onde encontra uma atmosfera completamente diferente daquela que deixara no passado.

6. Enredo da vingança

O personagem sai em busca de justiça.

Exemplo: Uma mulher perdeu os pais para a máfia quando era criança. Na fuga para se salvar, ela para em uma cidade muito distante, mas durante toda a sua vida pensou no dia que voltaria para consertar seu passado.

Leia também 5 lições para escritores

7. Enredo da conversão

O que era mal se torna bom (geralmente no fim da história).

Exemplo: Um homem cresceu no crime e tratava seus inimigos sem piedade até o dia em que uma criança fora deixada na porta de sua casa. Ele passa a ser seu tutor e resolve ser uma pessoa melhor para ela.

8. Enredo de sacrifício

O herói se sacrifica por algo ou alguém.

Exemplo: Uma mulher com seu filho perde tudo do dia para a noite. Na rua, sem dinheiro e sem ter a quem recorrer, ela decide oferecer sua vida à prostituição para salvá-lo da fome.

Conheça meus livros

9. Enredo da família

Aborda a relação entre grupos ou famílias.

Exemplo: Em um mundo mágico, dois clãs disputam o poder pelo trono.

Como escolher o meu tipo de enredo?

Essa resposta costuma estar naquilo que você costuma ler. Dentre os enredos acima, você identificou algum mais recorrente entre suas leituras recentes? Experimente começar escrevendo sobre aquilo que é familiar para você.

Outra sugestão é criar uma sinopse para cada tipo de enredo – mais ou menos como eu fiz acima, de maneira bem breve e objetiva – e observar qual(is) dele(s) você gostaria de desenvolver em uma história.

Qual seu tipo de enredo preferido? Deixe nos comentários

Gostou desse conteúdo? Faça parte da minha lista de e-mails e não perca nenhuma novidade

indicates required
Que tipo de conteúdo mais interessa você?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.