Para Escritores

3 dicas para escrever todos os dias

Spread the love

Caro, escritor, antes de mais nada gostaria de pontuar que escrever todos os dias é importante, mas, na minha opinião, não é o que vai definir o seu sucesso ou o seu fracasso na escrita, pelo menos não de maneira definitiva. Por que? Porque escrever diariamente pode não funcionar na sua realidade e isso não significa que você deve desistir de terminar seu livro.

Escrever sempre que puder, isso sim, pode fazer a diferença. Se puder todos os dias, ótimo, se puder apenas aos fins de semana, válido também. Mas seja honesto com você mesmo, se encontra um horário para escrever e não escreve, você tem uma barreira.

Esse texto é para os que se dispuseram ao exercício da escrita diária ou aos que estão dispostos a pelo menos tentar. As três dicas a seguir eu aplico na minha própria rotina e podem ajudar você a manter o hábito.

1. Elimine as distrações

Ao sentar na minha escrivaninha para escrever, estudar ou trabalhar, faço um trato comigo mesma: olhar o celular só quando terminar x partes do que preciso fazer. Se estou estudando, a cada matéria finalizada olho as notificações e respondo quem tiver que responder. Se estou escrevendo, a cada sessão faço o mesmo. Enquanto isso, celular com a tela para baixo ou longe de mim.

Existem algumas extensões, aplicativos e programas de computador que buscam blindar o ambiente virtual ao redor para que você se concentre apenas no seu trabalho. Algo simples como desativar a internet também pode funcionar. Para mim, distanciar o celular é suficiente. Se você precisa de regras mais rígidas, aplique.

O que caracteriza a concentração é se manter focado em determinada atividade pelo máximo de tempo que puder, a cada desvio a linha se perde e você demora um tempo precioso para recuperá-la.

2. Estabeleça metas gerenciáveis

Escrevo esse post em plena quarentena pela pandemia do coronavírus, o que significa que tento passar o maior tempo possível dentro de casa. Isso alterou a minha rotina e flexibilizou o horário que escrevo, me permitindo escrever 45 minutos de manhã e 45 minutos à noite, depois do jantar.

Para mim, é um tempo razoável, onde consigo me manter concentrada e produtiva. Antes disso tentei escrever 2 mil palavras todos os dias e consegui por algumas semanas, mas me rendeu um cansaço mental que não me agradou. Dividir as sessões por minutos tem funcionado melhor.

Você pode criar meta por palavras, por minutos, ou por turno, tudo vai depender da sua disponibilidade e do que funciona. O mais importante é que seja alcançável, tanto no relógio quanto na cabeça. Escrever é uma atividade que exige bastante do corpo. Não se engane, nem sempre conseguirá se manter ativo e cheio de ideias durante cinco horas seguidas.

Escrever todos os dias é uma combinação de prioridade, organização e realidade. Se você decidiu praticar isso e organizou sua rotina para escrever meia hora por dia, escreva meia hora por dia. Se pode escrever dez minutos, escreva dez minutos.

3. Defina um horário

Como disse, na quarentena tenho escrito de manhã e noite. O ideal é que você escolha um horário onde rende melhor – no meu caso, de manhã, mas não tenho a manhã inteira disponível, infelizmente – se não puder, escolha aquele onde você consegue um ambiente mais propício para escrever. E quem vai decidir o que é propício ou não é você. Para muita gente é durante a madrugada, para outros é no horário do almoço, enquanto uma boa parte dos escritores aproveitar o pôr-do-sol significa o pico de produtividade.

O resultado de manter um horário fixo é que com o tempo seu cérebro entende que naquela hora você está fazendo algo importante – escrevendo seu livro.

Essas foram as 3 dicas para escrever todos os dias que eu aplico na minha rotina. Você escreve todos os dias? Como é sua rotina?

Conheça meus livros

3 thoughts on “3 dicas para escrever todos os dias”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.