Bastidores

Como eu organizo minha rotina?

Spread the love

Organização pessoal está na moda e eu preciso dizer que isso é uma coisa boa. Não necessariamente a parte dos planners caros (mas eu queria um, não vou mentir, vou?) ou da pressão da produtividade, mas pela desconstrução do pensamento de que não é possível se organizar com eficiência quando se tem uma lista de tarefas a cumprir.

Eu sempre gostei de manter meus afazeres organizados porque isso faz a minha rotina funcionar. Preciso saber com antecedência minhas demandas para então distribuí-las em horários ao longo do dia. Isso é o que me faz produtiva e deixa as coisas em ordem. O gosto pela organização me fez experimentar diversas ferramentas até eu encontrar uma, ou umas, que desse certo para mim.

Planners, Agendas, Aplicativos?

Sim, eu já testei de tudo.

Na escola costumava ter uma agenda anual, mas ela servia para anotar trechos de músicas e de livros. Passei muito tempo comprando agenda com essa finalidade, até que passei a usá-las para anotar os compromissos. Não deu muito certo por um motivo ridículo de tão bobo: eu esquecia de consultar a agenda para conferir as pendências.

Assim que surgiu o boom dos planners eu procurei o mais acessível e planejei toda a minha vida neles. Aconteceu o mesmo com as agendas. Folhas e mais folhas em branco no fim do ano.

Meu primeiro bullet journal foi um fracasso. Em primeiro lugar eu não sabia enfeitar como os das blogueiras e em segundo lugar eu não entendia muito bem o sistema e ainda caía na mesma de sempre: esquecer de levá-lo comigo ou de andar com o olho na vida e outro na lista de afazeres.

Até que eu pensei na única solução para o meu esquecimento: um aplicativo que me notificasse as tarefas. Usei vários. O último a ser instalado no meu celular foi o Todoist, com seu sistema clean, dividido por projetos, cores e tudo mais. Usei algum tempo até me incomodar com a impossibilidade de ver uma tela com tudo que tinha para fazer na semana.

Eu sou meio insatisfeita, eu sei.

Então, por que não combinar aplicativo, manuscritos e calendários? É como eu trabalho hoje.

Evernote

Fonte: Evernote

Só aquele elefantinho sabe como minha relação com o Evernote demorou a engatar, e ainda hoje nós somos amigos, mas não íntimos. Sou apaixonada pelos templates, mas totalmente aborrecida com a tela inicial, confusa para mim. Sem ter mais muito tempo para me queixar, uso o template de organização anual para montar meu planejamento do mês. Com ele consigo ter uma visão ampla de tudo que tenho para fazer, seja no trabalho, na escrita ou no site. Uso o plano gratuito.

OneNote

OneNote seria perfeito se não fosse tão pesado. Por isso ele fica quietinho no computador, onde guardo notas mais longas, ideias de posts e links. Essa divisão por pastas era tudo o que eu queria no aplicativo do item anterior.

Conheça meus livros

Google Keep

Fonte: Google Play

Esse amarelinho é o que tem de mais prático no celular. Sincroniza rápido, salva as notas sozinhos e pode ser acessado de qualquer lugar. Nele digito os textos de legendas, faço to do list e deixo à mão anotações que preciso acessar rapidamente.

Bullet Journal

Não é como o original, é adaptado. Com ele posso fazer um planejamento semanal – copiado do planejamento mensal, feito no Evernote – e anotar minhas tarefas diárias. Tem funcionado e estou muito satisfeita com isso.

Google Agenda

Eu sei que tem todo o potencial para um Evernote mais simples, mas por enquanto eu utilizo apenas para lembretes onde precisarei de um alarme para me lembrar. Ele não é insistente, mas é firme. E eu adoro isso.

Hoje é assim que eu me organizo com relação aos trabalhos e aos estudos, e fico feliz que existem tantas ferramentas disponíveis para a gente não se perder no dia a dia. Se vai ser assim para sempre não dá para saber, mas depois de tanto testar, finalmente tenho um sistema para chamar de meu.    

2 thoughts on “Como eu organizo minha rotina?”

  1. Oie, tudo bem? Assim como você eu já testei de tudo mas, ainda não consegui encontrar o melhor metódo de organização para mim, todos acabam ficando chatos ou complicados para usar com o tempo, sou muito preguiçosa para essas agendas manuais, detesto escrever, por enquanto, estou usando algumas planilhas eletrônicas.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    1. Oii, tudo bem comigo e com você? Bom, uma planinha funcionar já é ótimo, mas você também pode testar aplicativos simples onde basta fazer uma lista de afazeres e ir marcando conforme for executando. Tem essa função no Google Keep e eu já usei o app Todoist, que serve pra isso também. Boa sorte <3

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.